Home | A igreja | Pastores | Metodismo | Ministérios | Congregação | Nossa Doutrina
   
Opções    
Últimos Eventos        
Notícias        
Galeria de Fotos        
Vídeos        
Bíblia On-line        
Mural de Recados        
Estudos Bíblicos        
Pedidos de Orações        
Fale Conosco        
 
Últimas Notícias    
 
-
 
 
Próximos Eventos    

CAMPANHA DO QUILO.
TODOS OS DOMINGOS É TEMPO DE OFERTAR OS SEUS QUILOS. EM ESPECIAL O SEGUNDO DOMINGO DE CADA MÊS. DOAR É UM GESTO DE AMOR! TEMOS CERTEZA DE QUE DEUS ESTÁ ABEÇOANDO O SEU CELEIRO. "porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade" (2 Co 8,2).

VEM AÍ O CAFÉ LITERÁRIO.
O Ministério de Ensino e Capacitação com este evento está dando início a Campanha de doação de livros, DVDs para nossa biblioteca.

ESCOLA BÍBLICA DE FÉRIAS TEMA: QUEM É JESUS? (Jo 14,6)
UM PROJETO DE EVANGELIAZAÇÃO E AÇÃO SOCIAL DE TODA A IGREJA DIAS: 29,30,31 DE JULHO. IGREJA, precisamos de voluntários e voluntárias para nos ajudar (controle dos banheiros e corredores, distribuição das refeições e kits, nos momentos de culto no templo, entrada e saída). DOE ALGUMAS HORAS DO SEU TEMPO. ESCOLHA UNS DOS DIAS DA EBF. VOCÊ É IMPORTANTE PARA QUE A NOSSA EBF ALCANCE O SEU OBJETIVO. PROCURE A ADRIANA OU FERNANDA para as incrinções.

TREINAMENTO DE DISCÍPULOS E MESTRES
É uma proposta de discipulado, a qual se estima formar uma igreja de discípulos, e não somente de membros. Além de ser uma estratégia multiplicadora, onde líderes e mestres serão levantados para gerar e capacitar novos/as discípulos/as, e conseqüentemente, discipuladores/as. Metodologia de Estudos Presencial: todas as terças-feiras, 19h30min às 21h30min; Educação por módulos; Duração: 9 (nove) meses. Público Alvo Preferencialmente, para líderes, membros da CLAM e obreiros com potencial e habilidades mestrais evidentes. Todos/as membros da Igreja estão convidados/as a fazer esse curso. Será muito bom para o seu crescimento espiritual e sua atuação no projeto de nossa igreja local. Investimento: R$ 25,00 por módulo, incluído o material didático. Inscrição: 01 a 15 de agosto de 2011 (trazer uma foto 3X4 no dia da aula inaugural), pelo email:discipulosemestres@yahoo.com.br Início do 1º Módulo: 16 de agosto (aula inaugural).


PEDIDOS DE ORAÇÃO:

1) A Pastora Marli solicita à igreja que esteja orando pelo curso de Discípulos e Mestres, que está na sua responsabilidade de organização para que Deus possa orientar todos os passos necessários para que este tempo seja bênção para a vida da Igreja. 2) Vamos intensificar nossa intercessão pelo 19º Concílio Geral para que os ouvidos estejam atentos no falar do SENHOR.

O Ministério de Ensino e Capacitação. Com este evento está dando início a Campanha de doação de livros, DVDs para nossa biblioteca.

ATENÇÃO JOVENS!
Participem da promoção Concorra à Bíblia de Estudo Plenitude para jovens SBB! É só nos seguir no twitter @metodista1re, criar uma frase sobre o pentecostes, usar a hashtag #TwittaçoDaPrimeira antes da sua frase e aguardar a divulgação dos ganhadores até o dia 23 de julho. Crie quantas frases quiser! Acompanhe a divulgação dos ganhadores no programa Vida & Missão, aos sábados, 10h, na CNT e também no site www.metodista-rio.org.br. Aumente suas chances de ganhar dando RT em nossos Tweets! (Transcrito do Avante On-line)

Agenda    
 
Enquete    
 

Você gostou do novo site de nossa igreja?

Sim Não

 
 
Localização    
 
Avenida Santa Cruz 1.203
Realengo - CEP : 21710-230
Tel.: 3332-8503
Fax: 3338-9833
 

Estudos Bíblicos

O discipulado em uma Igreja de Dons e Ministérios

Publicado em:11/09/2009
Por:Pastora Marlí

 Relembrando...

1975-1978 - PLANO QUADRIENAL I, cujo tema desenvolvido foi â??Missão e Ministérioâ?, levando a Igreja a refletir a respeito da sua realidade: como estamos?  O que devemos ser?  Qual é a nossa Missão?  Como cumprir fielmente essa missão?  

1979-1982 - PLANO QUADRIENAL II, desenvolvendo a temática â??Unidos pelo Espírito, Metodistas evangelizamâ?, cujo objetivo foi orientar o povo metodista na sua Vicência sob a dinâmica do Espírito Santo, em unidade, crescimento e serviço, promovendo a evagenlização, em meio à realidade concreta do mundo.  Apresentando 7 áreas de atuação na igreja local: Ação Social, Comunicação Cristã, Educação, Ministério Cristão, Missões e Evangelização, Patrimônio e Finanças, Unidade Cristã.

1982 â?? Ã? aprovado pelo XII Concílio Geral, o PLANO para a VIDA e a MISSÃ?O da Igreja (PVM), o qual foi o instrumento para a organização da Igreja em Dons e Ministérios.

1987 â?? Passados os cinco anos, o XIV Concílio Geral aprovou que os dons e ministérios, exercidos nos diferentes níveis de vida da Igreja, fossem tomados como elementos básicos da sua estruturação. (Cânones 2007, pp.71-75).

2001 â?? O 17º Concílio Geral aprovou o â??Plano Nacional â?? Objetivos e Metasâ? para o novo quinquênio.  Mantendo a temática â??Igreja Metodista â?? comunidade missionária a serviço do povo: espalhando a santidade bíblica.â?

2002 -2003 â?? o tema motivador da caminhada missionária da igreja foi o desafio de â??Testemunhar a Vitalidade do Evangelhoâ?.

2004- 2005 â?? os esforços, dentro da caminhada programática da Igreja Metodista, os esforços, foram inspirados pelo tema â??Testemunhar o Ardor Missionárioâ?.

2006-2007 â?? cujo tema foi â??Testemunhar a alegria e a esperançaâ?.


Entendendo o que é discipulado.

A Igreja Metodista sempre vivenciou e definiu sua missão, contemplando o discipulado, mesmo que não tenha usado esse nome específico em seus programas.  Então, descobriu-se um significativo espaço a ser ocupado por algo que, a princípio, era parte da história e da natureza do movimento wesleyano.

Na década de 80, ao se organizar como comunidade de dons e ministérios, demonstrou sua ênfase no discipulado, ao dar condições aos membros para desenvolverem seus dons e estruturarem as igrejas em ministérios, segundo o propósito de Deus.

O discipulado tem uma tríplice definição.  Para entendê-lo na sua essência, precisamos ter uma compreensão clara do que é um discípulo, do que é discipulado e do que é um discipulador.  De forma sucinta, observemos estas definições: a) Um discípulo é uma pessoa cujo compromisso principal na vida é seguir a seu mestre, desenvolver-se para ser como seu mestre, e fazer a vontade de seu mestre; b) O discipulado não é um programa, nem uma estrutura e nem um método. â??O discipulado é uma relação comprometida e pessoal onde um discípulo mais maduro ajuda a outros discípulos de Jesus Cristo a aproximarem-se mais dâ??Ele e assim reproduziremâ?; c) Um discipulador é um guia ou orientador espiritual que tem uma relação íntima e comprometida com alguns/mas seguidores/as de Cristo para ajudá-los/as a crescer de forma pessoal em: 1) sua identidade cristã como filho/a de Deus e como nosso/a irmão/ã, membro da família de Deus; 2) seu caráter cristão; e 3) sua capacidade ministerial.

A palavra discipulado reforça a idéia de mudança, ou seja, uma pessoa ao aproximar-se de Deus, passa a agir como Ele, é o que afirma Karl Barth.

Discipulado é uma palavra que traz em seu cerne a idéia de adesão, do compromisso.  Lembramos a ilustração do bacon com ovos que o americano tem como preferência no seu café da manhã.  Neste processo, dois animais estão relacionados para que esse delicioso café matinal aconteça, o porco e a galinha.  O porco para ceder o bacon, a galinha o ovo.  A galinha está envolvida nesse processo, ela simplesmente botou seu ovo e foi embora.  Já o porco está comprometido, pois para que o bacon fizesse parte dessa refeição, ele precisou morrer.  Na vida da igreja, há muitas pessoas envolvidas.  Elas participam, integram, se alegram.  Mas na hora de â??ceder o baconâ? pela mensagem do Evangelho, muitos se acovardam, abandonam a caminhada.  O discipulado não é algo que assumimos apenas quando as condições são favoráveis.  Um genuíno compromisso dura enquanto seu valor permanece essencial para a pessoa que o assumiu.  Quando se trata de seguir a Cristo, esse compromisso precisa ser renovado e reassumido a todo tempo, pela vida toda.  Ã? o que o texto â??Mulheres Discipulando Mulheresâ? da Confederação Metodista de Mulheres coloca diante de nós (p.13).

Então, discipulado, de acordo com a Pastoral â??Testemunhar a Graça e Fazer discípulos e discípulasâ?, é: â??o modo de vida, o estilo que caracteriza a vida daqueles/as que estão comprometidos/as com o Reino de Deus, que fazem da Nova Justiça, ou seja, dos valores éticos e da justiça do Reino uma prioridade na vida e que se dedicam integralmente ao serviço cristão, ao evangelismo e ao testemunho, em cumprimento à vontade de Deus Pai.  Esse modo de vida é descrito,principalmente, no Sermão da Montanha (cf. Mt 5-7)â?[p.23].

Portanto, o discipulado tem propósito, significado e consequência na vida da pessoa e da Igreja.

Seu propósito é formar discípulos e discípulas de Jesus Cristo, pela comunhão que gera unidade de fé.  Santidade de vida que transforme a igreja e a sociedade, pelo serviço do amor ao próximo, como poderemos observar na leitura do chamado dos discípulos por Jesus (Mt 4,18-22; Mc 1,16-20; Lc 5,1-11).  Por isso, que discipulado tem a ver com chamado e vocação (cf. Mt 10,1-3 e os seus paralelos).  Jesus chama um grupo de pescadores para segui-lo, para serem discípulos.  Gente que caminha junto para ser cada vez mais parecido.

O discipulado significa um novo estilo de vida, quer dizer, estar aberto/a à revisão e a reavaliação do seu estilo de vida, imitando a Jesus, tornando-se mais parecidos/as com Ele.  No evangelho de Lucas, encontramos algumas ilustrações, onde Jesus mostra o que é ser um/a discípulo/a:
â?¢    raposa e aves â?? 9,58;
â?¢    mortos enterram mortos â?? 9,59-60;
â?¢    arado â?? 9,62;
â?¢    a torre â?? 14,29-30;
â?¢    o rei que vai à guerra â?? 14,31-33.

Então, em tendemos que o discipulado envolve decisões, riscos e compromissos.  Por isso exige uma opção de tempo integral de vida cristã.

A conseqüência do discipulado é o crescimento e maturidade cristã, frutificando para o Reino de Deus.  Portanto, pressupõe envio, como ensina o sermão missionário de Jesus (Mt 10), onde o Mestre Jesus instrui os seus discípulos/as quanto as dificuldades e as características da missão:
a) buscar ovelhas perdidas â?? v.6;
b) anunciar a chegada do Reino de Deus â?? v.7;
c) curar enfermos â?? v.8a;
d) promover libertação â?? v.8b;
e) obstáculos a enfrentar â?? vv.16-18.21.23.

Mas, também, estimula-os a serem seus imitadores (Mt 10,24-25).

A importância do discipulado: existem três razões para crermos que o discipulado é importante:
1. Foi o Método Usado por Jesus - Jesus passou boa parte de seu tempo com poucos homens que Ele mesmo escolheu - Mc 3,13-19.  Estes foram escolhidos de um grupo de outros discípulos, e mais tarde chamados apóstolos - Mt 10,1-5; Lc 6,12-16.  Esta atitude foi crucial para a continuidade de Seu ministério quando partisse da terra.
2. Foi o Método Usado pelos Apóstolos - Os apóstolos seguiram o exemplo de Jesus e também em seus ministérios formaram discípulos/as. Paulo teve vários discípulos/as, e os mais conhecidos são Priscila, Febe, Timóteo e Tito.  Em sua carta a Timóteo, ele o instrui a continuar o processo de discipulado: â??e o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fieis e idôneos para instruir a outros.â? â?? II Tm 2,2.
3. Ã? um Mandamento de Jesus - Esta é a razão mais importante para fazermos discípulos/as.  Jesus disse em Mateus 28,18-20: â??Toda autoridade me foi dada no céu e na terra.  Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado.  E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século.â?  Este mandamento é claro e abrangente: devemos fazer discípulos/as de todas as nações.  Não temos opção A ou opção B, somente uma alternativa bem clara: fazer discípulos/as.  Mas como?  Que métodos devemos empregar?  O que devemos fazer?  Como começar?  Creio que todas estas perguntas são muito importantes.  A resposta a elas encontramos no ministério de Jesus relatado nos evangelhos e nos exemplos dos/as discípulos/as de Jesus que prosseguiram com seu ministério após Sua ascensão, liderados/as pelos apóstolos.
Neste sentido, a Igreja Metodista entende que o discipulado é mais do que um grupo de estudos.  Seu objetivo maior é que cada discipulador/a se torne um/a missionário/a do Reino de Deus seguindo o Ide de Jesus (Mt 28,19-20a).

Reflita nestas questões e no próximo mês continuamos a temática.
Um abraço,
Pastora Marlí.


Total de visitas: 62476
Visitantes hoje: 4
  home